Dique de mineradora se rompe em Mateus Leme, diz Defesa Civil

0
1823

Um dique da mineradora Minerita em Mateus Leme, na região metropolitana, localizada próximo a Serra Azul, teria se rompido na manhã desta terça-feira (19), segundo a Defesa Civil. O órgão, no entanto, não soube dimensionar o tamanho da área atingida e enviou responsáveis para o local para avaliar.

Sobre o tamanho do rompimento, a mineradora Minerita informou à Defesa Civil apenas que “não houve um grande vazamento”.

Além de seus representantes, a Defesa Civil pediu para a Copasa também enviar uma equipe para a região para saber se abastecimento da cidade será afetado. A companhia que cuida do abastecimento de água da capital informou que, a princípio, a barragem de água de Serra Azul não foi afetada.

Já a mineradora declarou que o nível da água subiu em um dique da empresa Lavras, que é de sua propriedade também, função da chuva que atingiu o município. A mineradora ainda declarou que a água ultrapassou a derma e desceu uma quantidade insignificante.

Segundo o departamento de meio ambiente da Minerita não teve vazamento de lama e nem de rejeitos, uma vez que sua mineração não está virada para Mateus Leme, segundo a Mineradora. De acordo com a empresa, suas atividades na mineração está localizada no município de Itatitaiuçu.

Registro

A situação foi presenciada por um sitiante, que teria registrado o ocorrido em imagens e alertado os órgãos da região.

Técnicos da Secretaria de Meio Ambiente de Mateus Leme e da Defesa Civil estão indo para o local realizar uma análise da área. Mas, o órgão revelou que gerentes da Minerita teriam afirmado que lama não chegou a atingir os moradores e os rios da região.

Atualizada às 15h01.

Fonte: Jornal O Tempo

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here