Denise Valadares leva para o Minas Trend coleção inspirada nos anos 70 e 80

0
540

A coleção Crystals é uma collab da etiqueta com Alberth Franconaid e traz um verão colorido, handmade e romântico.

Após uma estreia bastante elogiada na última edição do Minas Trend, a estilista mineira, Denise Valadares, volta às passarelas da semana de moda mineira com sua marca homônima para apresentar suas apostas para o verão 2020. O desfile será no dia 10/04, às 21h.

A próxima temporada foi criada a quatro mãos, em uma collab de Valadares com o stylist Alberth Franconaid. Juntos eles voltaram no tempo e desenvolveram a coleção Crystals, que traz de volta à cena os babados, os volumes e as camadas tão característicos da década de 1980 e também o boho-romântico dos anos 70. Mangas bufantes, cores vibrantes e babados dialogam com a delicadeza do folk e do handmade.

A principal característica da marca, o bordado manual, chega com design mais clean. Executado de maneira intuitiva, ele deixa de lado o traço geométrico e assume um estilo mais orgânico, fazendo referência aos cristais, que dão nome à coleção.

Com shapes ora fluidos, ora estruturados, Crystals traz uma cartela que passeia por tons mais leves como o palha, o offwhite e o lilás e também pelos mais quentes como o amarelo gema e o rosa-pink, criando um contraponto entre a vibração do 80’s com a leveza do 70’s. Vestidos fluidos, chemises, blazers, shorts e maxi-camisas compõem a coleção que também apresenta uma alfaiataria repaginada.

Evoluindo cada vez mais em seu repertório, a grife traz para o verão peças trabalhadas em tecidos planos e fluidos, além dos sustentáveis como o no wash, um jeans impermeável que não passa por lavagens em seu processo de produção, reduzindo o impacto ambiental. O material foi criado pela Cedro Textil, empresa apoiadora da grife. A marca também trabalha com o aspen, composto por fibras naturais de algodão e seda, em uma parceria com a G Vallone.

Para a diretora criativa, Denise Valadares, o grande destaque do verão está na evolução da etiqueta. “Nesses quatro anos de mercado, conseguimos nos posicionar e apresentar a todos a força do trabalho manual, tão tradicional e importante. Mas também introduzimos ao nosso dia a dia a velocidade e a versatilidade dos processos tecnológicos. Mesmo com este pouco tempo de vida, já criamos um estilo próprio, que atende à mulher contemporânea”.  Ainda de acordo com Denise, o objetivo é sempre se reinventar, mas sem perder o DNA exclusivo, artesanal e atemporal das peças.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here