Cláudia Bossle se apresenta no evento “Bossa, Samba e Jazz” em Belo Horizonte

0
364

Além dos shows, cantora também realiza trabalho em estúdio, onde grava canções para seu novo projeto, “Boss le Champ”, composta em parceria com seu marido, Champignon

 

Cláudia Bossle, cantora catarinense, se apresentará na primeira performance do evento “Bossa, Samba e Jazz”, no dia 28 de março (quinta-feira), às 21 horas, no Hotel Fasano.

Com sua constante presença no Baretto, do Hotel Fasano de São Paulo, Cláudia possui uma forte relação com o Jazz e a Bossa nova. “Esse amor vem de berço. Herdei de minha mãe, que também era cantora e muito próxima do jazz”, relembra.

“Estou muito feliz com o convite e com a oportunidade de cantar nessa casa em BH que tem tudo pra ser ícone no Brasil, como é o Baretto em São Paulo”, afirma Bossle. Seu repertório foi aprofundado com o maestro Mário Édison. “Tenho muita gratidão por poder ainda cantar nossa ‘Bossa, nosso Samba, e nosso Jazz’ pelo Brasil, não deixando que sejamos engolidos por imposições da mídia atual, que nos entristece com letras nada poéticas e artistas efêmeros”, completa.

Em seu show, Cláudia é acompanhada por um trio de músicos conhecidos no cenário brasileiro de jazz. São eles: Thiago Alves (baixo), Felipe Silveira (piano) e Paulinho Vicente (bateria). O repertório resgata os maiores expoentes desses ritmos musicais, com arranjos sofisticados e swings que explicam como a cantora conquistou suas exigentes plateias ao longo dos anos.

Sobre Cláudia Bossle

Natural de Florianópolis (SC), ela iniciou seus estudos musicais com 13 anos e aos 22 se mudou para São Paulo, após um convite para ser cantora de Drum’n’ bass lançado pela EMI. Seu currículo passa por casas de Jazz em Portugal, Mônaco e Oriente Médio cantando em festivais em Abu Dhabi. Morou, também, em Dubai e compôs a trilha sonora do filme “Red Inside”, que concorreu como melhor canção no Festival de Cinema de Cannes.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here