CIRCUITO VIJAZZ & BLUES FESTIVAL RECEBE RICHARD BONA EM BH

0
39

Os fãs o chamam de “O Sting Africano”, os críticos o chamam de “o profissional”, mas é seu estilo único e eletrizante de se conectar com o seu público que dita o que ele realmente é – um verdadeiro músico. Richard Bona é um compositor e arranjador excepcional, possui uma voz marcante e virtuosas habilidades no baixo, além da capacidade de aprender praticamente qualquer instrumento simplesmente observando e ouvindo. Todas essas qualidades propiciaram – com muita razão – sua fama internacional. Em BH, ele se apresenta acompanhado dos músicos Dennis (trompete), Michale Lecoq (teclado), Archibal Ligonniere (bateria) e Ciro Manna (guitarra).

Natural do Camarões, Bona permanece fiel às suas raízes, com ritmos africanos refletidos em cada um de seus sete álbuns; os três primeiros, “Scenes from My Life”, “Reverence” e “Munia” exibem sua abordagem extraordinária de contar histórias através de sons.  Ele busca inspiração em suas origens e, por isso, os temas de seus trabalhos abordam questões internacionais que espelham seu desejo de usar a música como uma forma de lutar contra a opressão.

Richard Bona é um artista versátil e já trabalhou com outras grandes estrelas da música mundial como a congolesa Lokua Kanza e o cantor e compositor das Antilhas, Gerald Toto, quando criaram o coletivo “Toto, Bona, Lokua”, em 2004. Também viajou em turnê pela Europa com o guitarrista Mike Stern e foi convidado a participar do álbum “Mo Bop 2” do guitarrista japonês Kazumi Watanabe, além de excursionar com Pat Metheny e participar de dois álbuns de Bobby McFerrin, entre outros grandes nomes.

No final dos anos 2000, lançou “The Ten Shades of Blues”, trabalho que ilustra sua experiência com diferentes tons de blues com os quais ele interagiu durante suas turnês por países como Brasil, Índia, Estados Unidos e Camarões. O artista também já foi homenageado pelo Festival Internacional de Jazz de Montreal com o Prêmio Antônio Carlos Jobim e recebeu o prestigioso SACEM Jazz Award (Grand Prix Jazz SACEM) em 2012, pelo Jazz Grand Prize. Além disso, seu álbum certificado como Disco de Ouro em 2013, “Bonafied”, demonstra uma fusão de culturas em que ele está continuamente se desenvolvendo. Enquanto continua a aprimorar seu som, lançou seu projeto afro-cubano Mandekan Cubano, em junho de 2016, com seu novo álbum “Heritage”. Com inúmeros prêmios, performances e anos de experiência, Bona se tornou um dos músicos mais talentosos e procurados desta geração.

VIJAZZ & BLUES FESTIVAL

O ViJazz & Blues Festival foi criado em 2007, na cidade de Viçosa (Minas Gerais). Em 2013, tornou-se o Circuito ViJazz & Blues Festival, ao expandir sua realização para várias cidades como Ponte Nova, Belo Horizonte, Juiz de Fora, Araxá, Uberaba, Ubá, Ouro Preto e Muriaé. O Circuito ViJazz, agora com mais de 10 anos de vida, é um dos maiores e melhores festivais do gênero no Brasil. Há seis anos realiza shows em BH, no Sesc Palladium, trazendo renomados artistas como: Stanley Clarke, Marcus Miller, Larry Coryell, Eumir Deodato, entre outros.

Assista:

CIRCUITO VIJAZZ & BLUES FESTIVAL – RICHARD BONA

  • 28 de setembro – sexta-feira – 21h
  • Sesc Palladium
  • Rua Rio de Janeiro, 1046 – Centro – BH
  • Ingressos:
  • Plateia I – R$ 40,00 (inteira) e R$ 20,00 (meia)
  • Plateia II – R$ 40,00 (inteira) e RS 20,00 (meia)
  • Plateia III – R$ 30,00 (inteira) e R$ 15,00 (meia)
  • Vendas online: www.ingressorapido.com.br
  • Mais informações: (31) 3270-8100

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here