CASA FIAT DE CULTURA PREPARA PROGRAMAÇÃO ESPECIAL PARA “NOTURNO NOS MUSEUS” E FICA ABERTA ATÉ ÀS 23H

0
89

Além das três exposições em cartaz, público poderá participar de bate-papo com as quadrinistas que fazem parte da mostra “Inarredáveis! Mulheres Quadrinistas”

A Casa Fiat de Cultura é um dos espaços culturais que integra a programação do “Noturno nos Museus” e, por isso, na sexta-feira, dia 20 julho, ficará aberta das 10h às 23h. Para esta noite no museu, uma programação especial: o público terá a oportunidade de participar de um bate-papo com as artistas da mostra “Inarredáveis! Mulheres Quadrinistas“, além visitar as três exposições em cartaz e experimentar as delícias do Café da Casa. Toda programação é gratuita.

As quadrinistas Julhelena, Laura Athayde, Rebeca Prado e Virginia Fróes conduzirão um bate-papo com o público sobre “A produção contemporânea de quadrinhos”. Elas vão falar sobre sua trajetória no cenário das HQs, seus trabalhos, a exposição “Inarredáveis” e apresentar sua visão sobre a produção atual de quadrinhos. O bate-papo será realizado às 19h30 às 21h, com espaço sujeito à lotação (200 lugares).

Julhelena é graduada em história (UFMG) e começou a publicar seus quadrinhos autorais em 2014 em sua página no Facebook. Publicou a zine “Alguém comeu meu brócolis – o retorno” no FIQ de 2015 e lançou sua primeira HQ, “Nave” em 2017 através de financiamento coletivo. Atualmente, trabalha em um novo projeto de HQ chamado “A Loja de Máscaras”. Julhelena trabalha principalmente com aquarela e outras técnica manuais.

Laura Athayde é advogada por profissão e desenhista por teimosia. Formada em Direito e em Design Gráfico, desde 2014 dedica-se profissionalmente à ilustração e aos quadrinhos. Lançou algumas HQs independentes e já ilustrou para a Companhia das Letras, Editora Record e Editora Planeta, dentre outras. Além de fazer quadrinhos e publicá-los regularmente no site O Beltrano, também escreve sobre eles para o site MinasNerds.com.br. Laura trabalha com técnicas mistas e digitais.

Rebeca Prado é graduada em artes visuais pela UFMG. Publicou através de financiamento coletivo os livros autorais Navio Dragão (2015) e Baleia #3 (2016) e as zines Baleia #1, Baleia #2 e Carne!. Atualmente, trabalha como roteirista da Turma da Mônica e ilustra para o mercado editorial, além de dar aulas de desenho na Casa dos Quadrinhos. Rebeca trabalha com várias técnicas manuais, como aquarela e guache, e também com ilustração digital.

Virgínia Fróes é graduada em artes visuais pela UEMG. Lançou a saga Dinastia dos magos no FIQ 2015, participou da publicação coletiva Inkuadrinhose (2013), realizou diversos trabalhos de segmentos infantis e didáticos e atuou em escolas com workshops de quadrinhos e ilustrações para crianças. Trabalha principalmente com técnicas digitais.

Exposições em cartaz na Casa Fiat de Cultura

Com o horário de visitação estendido, quem ainda não visitou, poderá conhecer a exposição “Inarredáveis! Mulheres Quadrinistas”, que traz mais de 80 obras de 12 artistas: Aline Lemos, Ana Cardoso, Bianca Reis, Carol Rossetti, Chantal, Ina Gouveia, Julhelena, Laura Athayde, Lu Cafaggi, Rebeca Prado, Sophie Silva e Virgínia Fróes. Com sete obras significativas da carreira de cada artista, todas com sua peculiaridade, nos traços, cores e conceitos, a exposição encontra harmonia dentro da mistura de estilos e linguagens. Os temas dos trabalhados vão desde a vida cotidiana, passando pela defesa do movimento feminista, até histórias fantásticas com personagens imaginados pelas quadrinistas.

O público também poderá conferir obras de arte digital que fazem parte da exposição “Cidades e outras passagens”. As obras foram criadas pelos artistas que participaram da Residência Artística em Arte Digital da Casa Fiat de Cultura. São três instalações e quatro videoartes que relacionam a cidade de Belo Horizonte ao painel de Candido Portinari “Civilização Mineira” (1959), acervo da Casa Fiat de Cultura em exposição permanente. A proposta era criar obras com foco na transformação da experiência do público visitante, inserindo-o em uma realidade híbrida: material e virtual. Os artistas da mostra são Alexandre Milagres, Augusto Lara, Fabrício Lins, Flávio CRO, Guilherme Xavier, Letícia Vianna, Mari Moraga e Thiago Amoreira e a curadoria é de Pablo Gobira.

A mostra 100% Minas completa a programação da Casa Fiat de Cultura. A mostra é uma celebração da produção do design feito em Minas Gerais e um espaço para valorizar, divulgar e difundir as mais recentes criações. Ao todo, a terceira edição da 100% Minas apresenta 27 peças inéditas de 30 designers mineiros. São cadeiras, aparadores, luminárias, poltronas, bancos, mesas e objetos em caráter de protótipo, peça única ou lançamentos independentes que percorrem do artesanal ao industrial e exploram o aço, madeira, pedra-sabão, concreto e papelão.

 

SERVIÇO

Noturno nos Museus na Casa Fiat de Cultura

20 de julho de 2018, sexta-feira

 Bate- papo “A produção contemporânea de quadrinhos” com as artistas Julhelena, Laura Athayde, Rebeca Prado e Virgínia Fróes

Das 19h30 às 21h

Entrada gratuita, com espaço limitado a 200 lugares

Exposições

  • “Cidades e outras passagens na Casa Fiat de Cultura – Caminhos de uma residência em arte digital”
  • “Inarredáveis! Mulheres Quadrinistas na Casa Fiat de Cultura”
  • “100% Minas – mostra de design autoral feito em Minas Gerais”
  • Das 10h às 23h
  • Entrada gratuita

Casa Fiat de Cultura

  • Circuito Liberdade
  • Praça da Liberdade, 10, Funcionários – BH/MG

Informações

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here