BMG ganha prêmio por ser a empresa brasileira que mais se relacionou com startups

0
35

Ranking da Open Startups elenca as 50 companhias mais integradas ao ecossistema.

O BMG foi a grande empresa brasileira que mais se relacionou e desenvolveu projetos com startups no último ano, além de negociar e fechar contratos, de acordo com rankingda Open Startups, um dos mais importantes do segmento. A premiação reconhece o trabalho realizado pelo Grupo BMG, por meio da importante atuação do BMG UpTech, corporate venture criada há três anos e que nasceu com a missão de ser um elo entre boas ideias e o mercado.

O resultado comprova o sucesso da estratégia do Grupo BMG de investir em inovação. “Para nós, o prêmio significa o reconhecimento pelos investimentos que fizemos, por meio do BMG Uptech e em parceria com a Bossa Nova Investimentos. É gratificante saber que estamos no caminho certo, à frente de grandes marcas reconhecidas no ecossistema de inovação e com histórico de investimentos”, destaca o vice-presidente do Grupo, Eduardo Dominicale.

Nesses três anos de atuação, completados em julho, o BMG UpTech selecionou e investiu em mais de 70 startups, com aporte financeiro direto ou por meio de programas como Fiemg Lab, Startups Connected, Lemonade e o Conecta, desenvolvido em parceria com a Confederação Nacional do Transporte (CNT). Juntamente à Bossa Nova Investimentos, da qual o BMG UpTech se tornou sócio em 2017, também investiu em mais de 400 startups no Brasil e Estados Unidos.

Na premiação, o BMG ficou em primeiro lugar no Top 50 Open Corps das 100 Open Startups. O ranking de grandes companhias leva em conta apenas empresas com mais de 100 funcionários ou faturamento superior a R$ 100 milhões no exercício de 2019. “A oportunidade de estar sempre conversando, interagindo e negociando com as startups oxigena o ambiente de uma grande corporação. Nesses três anos, aprendemos como extrair o melhor da interação entre startups e grandes empresas, gerando ganhos expressivos para ambos”, enfatiza o CEO do BMG UpTech, Rodolfo Santos. “Sempre reforço que não chegamos apenas como financiadores das startups. Somos realmente parceiros dos empreendedores, investimos em seus projetos para que consigam se desenvolver e se consolidar. Isso faz a diferença”, completa.

Simplifica Fretes
O reconhecimento ao Grupo BMG se deu em dose dupla. Entre as 10 startups mais atraentes de 2019, está a Simplifica Fretes, investida pelo BMG UpTech. A empresa concorreu com 8.600 startups inscritas e ficou em nono lugar, no ranking das 100 Open Startups, e em primeiro lugar na categoria Marketplace, validado pelas grandes corporações.

Localizada em Varginha, no Sul de Minas, a Simplifica Fretes fornece soluções tecnológicas para o setor logístico aduaneiro. Eduardo Labre, um dos três sócios, explica que é disponibilizado um mecanismo de busca que auxilia as empresas nas cotações e contratações de frete rodoviário, entre porto, aeroporto, porto seco e as indústrias (importação e exportação). Isso proporciona agilidade e segurança nas operações e economia em recursos, tanto para as empresas (embarcadores) como para as transportadoras.

ranking divulgado pela Open Startup foi muito comemorado. “Todo esse reconhecimento é reflexo do nosso empenho, trabalho e dedicação ao logo desses anos. Ficamos extremamente felizes em saber que nossa solução tem cada vez mais valor para o setor logístico aduaneiro. Com esse resultado, passamos a ter mais visibilidade no mercado, o que aumenta nossa credibilidade e nos consolida cada vez mais no mercado corporativo. Passamos a ser referência quando o assunto se tratar de logística aduaneira”, destaca Labre.

Sobre o Ranking 100 Open Startups

Publicado desde 2016, o ranking 100 Open Startups destaca, anualmente, as startups mais atraentes para o mercado corporativo e as empresas líderes mais engajadas no ecossistema de inovação. A atratividade é medida por meio de critérios objetivos, vinculados estritamente com as relações de negócio estabelecidas entre startups e grandes corporações.

Sobre o BMG UpTech

Corporate venture do Grupo BMG – um dos maiores e mais importantes grupos empresariais do país – com foco na inovação. Basicamente, o BMG UpTech identifica as startups cujos negócios sejam viáveis, investe no seu desenvolvimento e as coloca em contato com o mercado, ou seja, com possíveis compradores das soluções. A empresa já realizou mais de 500 investimentos em startups no Brasil e Estados Unidos, juntamente à Bossa Nova Investimentos, companhia de microventure capital da qual é sócio.

Sobre a Bossa Nova Investimentos

A Bossa Nova Investimentos é líder absoluta do segmento na América Latina e a única empresa que, além de investir diretamente em startups, possui participação como cotista em fundos de Venture Capital brasileiros. Desde 2017, o grupo BMG tornou-se sócio da Micro Venture Capital, que é liderada pelos empreendedores João Kepler e Pierre Schurmann. Atualmente, a empresa tem cerca de 537 investimentos e 413 startups investidas, sendo mais de 100 delas nos Estados Unidos. Em 2019, a empresa avançou em sua estratégia de internacionalização e abriu escritório na cidade de Lisboa, em Portugal.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here