Bela Gil fará lançamento de novo livro em BH

0
255

Com a proposta de trazer um novo olhar para os ingredientes utilizados no dia a dia, que normalmente são descartados, Bela Gil lança Bela Cozinha: da raíz a flor, pela Globo Estilo. Neste livro, a autora, que também apresenta o programa ‘Bela Cozinha’, no GNT, traz receitas com elementos como raízes, cascas, talos, folhas, sementes, flores e etc e dá dicas para o uso de alimentos de forma integral. “Nossas escolhas e práticas alimentares podem mudar o mundo, ajudar a evitar o desperdício e a economizar recursos”, comenta Bela.

O livro reúne 57 receitas que também sugerem maneiras de baratear o custo da alimentação saudável e ampliar a economia agrícola. Dividido em quatro capítulos (Petiscos, acompanhamentos e saladas; Pratos principais; Sobremesas e Bebidas), a obra traz também um exclusivo com dicas da Bela para a melhor forma de preparo desses ingredientes.

“Quando ampliamos o nosso olhar sobre um alimento, ganhamos mais opções. O objetivo deste livro é trazer um novo olhar para a comida do dia a dia e descobrir novos ingredientes já presentes nos alimentos – é o que eu chamo de “novos ingredientes que todo mundo já conhece”.”, explica a autora. Ao longo do livro, as receitas revelam que a casca do melão tem o potencial culinário de um chuchu; a semente do mamão, o de uma pimenta-do-reino; a semente do cupuaçu, o de um nibs de cacau; e que a folha de brócolis pode substituir perfeitamente a couve. Na última temporada do programa, em que o lema foi “cozinha fora da caixa”, Bela mostrou – na prática – que é possível dar um novo olhar a ingredientes que todo mundo já conhece e, levou para a mesa partes de plantas que costumam ser descartadas na culinária tradicional.

Ao transformar o olhar em relação ao alimento é possível combater o desperdício, aumentar o apreço pela natureza e melhorar a economia doméstica. “Cinquenta porcento de um melão é a casca. Se vamos à feira e pagamos 5 reais por 1 quilo de melão e quando chegamos em casa jogamos a casca fora para consumir somente a polpa, estamos jogando 2,50 reais no lixo.”, explica Bela.

E essa mudança no olhar pode transformar também o produtor. “A raiz da cenoura pode ser separada e ele precificar a rama, pode vender a flor do brócolis e precificar as folhas, pode vender o cacho de banana e precificar o coração da bananeira. Tenho a esperança de um dia ver nas bancas de feiras e prateleiras dos supermercados maços de rama de cenoura, folhas de brócolis, cascas de melancia, sementes de mamão e outras maravilhas – expostas, precificadas e vistas como ingredientes convencionais”, diz a autora.

Bela acredita que a democratização da alimentação saudável e o combate ao desperdício de alimentos se dará com a transformação da agricultura e da cultura alimentar. “Espero que este livro abra a mente e o apetite de muitos para uma alimentação mais diversa, barata e saudável.”, comenta.

SERVIÇO LANÇAMENTOS

BELO HORIZONTE

27/04 – Livraria Leitura – Shopping Pátio Savassi – das 15h às 18h

Av. do Contorno, 6061 – São Pedro

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here