Bebel Gilberto & Joyce Muniz Se Unem em Remix Especial de “Deixa” Disponível hoje via [PIAS] Recordings

0
601

As amigas brasileiras de longa data Bebel Gilberto e Joyce Muniz se juntaram para um remix muito especial de “Deixa.” “Deixa” foi o primeiro single lançado no ano passado do aclamado novo álbum de Bebel, e indicado ao Grammy, “Agora” então é apropriado que ela seja a primeira canção remixada do álbum. Ouça Deixa (Joyce Muniz Remix) AQUI.

“Joyce Muniz e eu nos conhecemos através de amigos em comum em uma festa em Sicília e imediatamente sonhamos em trabalhar juntas,” Bebel comentou sobre a colaboração. “Eu estou muito feliz em finalmente compartilhar o resultado desses sonhos. Trabalhar com ela foi pura alegria!”

A cantora/compositora Bebel Gilberto, renomada mundialmente e indicada a vários prêmios do Grammy, tem encantado fãs e críticos em todo o mundo desde seu lançamento solo em 1986. Ela se catapultou para a cena musical global com uma faixa no célebre CD de compilação, RED HOT + RIO, seguida pelo sucesso mundial de seu álbum Tanto Tempo em 2000. O álbum trazia sua marca registrada da bossa nova eletrônica, conquistando clubes ao redor do mundo e posicionando Bebel como uma das artistas brasileiras mais vendidas nos EUA desde os anos 60. Os álbuns aclamados pela crítica a seguir incluem Bebel Gilberto (2004), no qual ela refinou seu som para criar um estilo lounge acústico que mostrou seus pontos fortes como compositora brasileira, e Momento (Six Degrees 2007), que mostrou magistralmente suas habilidades em fundir todos seus estilos musicais. O álbum de Bebel indicado ao Grammy de 2009, All in One (Verve), trouxe à tona mais a personalidade de Bebel e seu amor por ritmos orgânicos. Em 2014, Bebel Gilberto lançou um lindo show em DVD chamado Bebel Gilberto in Rio in Brazil, apresentando um excelente show ao vivo nas praias cariocas. Retornando à sua marca registrada de ritmos brasileiros abafados, infundidos com batidas eletrônicas, Bebel deu sequência ao lindo novo álbum de estúdio Tudo, lançado em agosto de 2015 pela Sony com grande aclamação da mídia. Seu aclamado novo disco Agora, produzido por Thomas Bartlett (Sufjan Stevens, St. Vincent), foi lançado pela [PIAS] Recordings em 21 de agosto de 2020.

 

Sobre Joyce Muniz:
Nascida no Brasil, e depois de se mudar para Viena em meados dos anos 90 para perseguir seus sonhos musicais, ela começou misturando drum & bass e break, e logo conseguiu uma residência no lendário Flex Club. Este slot regular a impulsionou a desenvolver uma variedade de estilos mais ecléticos, de house e techno a dub. Foi aqui que seu “som” começou a se formar, recorrendo a uma ampla gama de influências e estilos e filtrando-os em um contexto de pista de dança. Ao acumular uma enorme coleção de vinis e um profundo conhecimento da música eletrônica ao longo do caminho, ela lançou suas bases sólidas nesses anos de formação. Ela começou sua carreira de produção em 2010 no underground vienense, fundindo os sons de sua terra natal com as batidas contemporâneas da cidade. Suas primeiras incursões na produção a viram combinar seus sons nativos brasileiros com eletrônica moderna, mas com o passar dos anos ela se mudou para uma abordagem eclética e vibrante da house music. Ao longo do caminho, ela colaborou com uma grande variedade de artistas, incluindo Maya Jane Coles, a lenda vienense Richard Dorfmeister (de Kruder & Dorfmeister) e o lendário Bam dos The Jungle Brothers. Ela teve lançamentos via selos como 2020 Vision, Get Physical e principalmente o poderoso Exploited, que trouxe ao mundo seu álbum de estreia completo, Made In Vienna. Ela tem uma lista robusta dos principais remixes de artistas como DJ Hell, Steve Bug, Claptone, Munk, Shonky, Stereo MCs, Tosca e Till Von Sein, chegando a selos aclamados como K7!, Poker Flat, Gomma, 8Bit e SUOL.

Elogios a Bebel Gilberto

“Criado para ser ouvido como um todo, é comovente, catártico e atinge novos níveis de sofisticação…” MOJO

 

“Seu primeiro álbum de estúdio em seis anos marca um retorno à forma” The Sunday Times

“Parece completamente radical à sua maneira, como Tanto Tempo soava na sua época” Songlines

“uma mistura de especialista dos ritmos da bossa nova que ela cresceu junto, com melodias confiantes e vocais sedutores é sua própria homenagem alegre”. The Arts Desk

“Por vezes alucinante e de uma beleza de parar o coração. Agora é bem diferente de tudo que já ouvimos antes do vocalista Gilberto.” Jazzwise

website  / facebook  / twitter  / instagram

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here