Sorvete de whey é uma opção de doce para não desviar da dieta

0
1016

Um dos desafios mais difíceis de cumprir por quem está tentando seguir uma dieta é resistir à tentação dos doces. Mas, a partir de um dos queridinhos das academias – o whey protein (proteína do soro do leite) – versões adaptadas de sobremesas estão surgindo para ajudar aqueles que não querem sair da linha e desejam ganhar massa muscular.

Quem hoje vê o empresário André Doraciotto, 39, não imagina que há dois anos ele vem passando por um processo de cuidados com a saúde, que o levou a emagrecer 14 kg. Nessa mesma época ele começou vários estudos e experiências para chegar a uma sobremesa sem gordura trans, sem glúten e sem conservantes, à base do suplemento mais usado pelos adeptos das práticas esportivas.

A porção de 130 g do sorvete desenvolvido por Doraciotto tem 170 calorias, baixo teor de gordura e 40 g de proteína – mesma quantidade tradicionalmente usada para a bebida. O mesmo tanto de sorvete comum tem 216 calorias e apenas 3 g de proteína.

“A base do nosso sorvete é a pasta italiana normal, mas usamos o whey para saborizar com gostos de morango e chocolate”, explica o sócio da sorveteria Rozlatto. Cada porção custa R$ 12 e pode ser encontrada no Shopping Boulevard, em Belo Horizonte.

A nova sobremesa o ajudou a controlar o gosto por doces tradicionais que antes o faziam ficar acima do peso desejado. “O sorvete de whey não me emagreceu, mas foi fundamental para que eu conseguisse levar a sério o processo (de mudança corporal) até o fim. Com a dieta e os exercícios, eu consegui sair de 28% de gordura corporal para 14%”, conta Doraciotto.

Para quem treina, come a cada três horas e, por isso, sempre está com uma barrinha de proteína na bolsa ou no carro, uma sobremesa de composição diferenciada pode beneficiar. Porém, o alimento à base de whey deve ser utilizado com a supervisão de um nutricionista, ou a suplementação errada pode ter um efeito contrário ao desejado.

Proprietário de academia, Túlio Chuff, 28, aprovou a novidade. “Não é tão aguado como o sorvete comum. É bem saboroso. Acho bem interessante essa nova forma de apresentação, para sair da mesmice do pó e do shake”, conta ele, que faz suplementação com whey há mais de dez anos.

Indicação é somente para quem se exercita

O consumo de produtos à base de whey protein requer alguns cuidados, de acordo com a diretora do Conselho Regional de Nutrição de Minas Gerais (CRN-MG), Elisabeth Chiari. “(Esse tipo de produto) não é indicado para quem não pratica atividade física, porque há o perigo de o excesso de proteína aumentar a gordura corporal, principalmente a intra-abdominal, gerando risco maior de doenças cardiovasculares e de sobrecarregar o fígado”, diz.

Isso pode acontecer, conforme explica a nutricionista, porque a função do whey é impedir que a pessoa perca massa muscular e aumente o volume das fibras musculares, repondo o desgaste provocado pela atividade física.

A quem for optar pelo preparo de uma sobremesa em casa, Elisabeth indica a mistura do suplemento com frutas. “Pode ser uma receita com banana congelada, whey e leite de amêndoas, castanhas ou coco. Se for misturado a um sorvete industrializado, há o risco de se aumentar muito o teor de gordura”, afirma. Para os intolerantes à lactose, ela indica a proteína de ervilha.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here