Instituto Gil Nogueira participa do projeto “Cidade do Bem”

0
38

Iniciativa direciona recursos de doação de pessoas físicas para instituições sociais de Belo Horizonte e região metropolitana

O Instituto Gil Nogueira (IGN), ONG que trabalha para reduzir o analfabetismo funcional por meio do incentivo à leitura, é uma das instituições parceiras do projeto “Cidade do Bem”, primeiro crowdfunding de impacto social do país. A iniciativa tem como objetivo conectar entidades filantrópicas de Belo Horizonte e região metropolitana a doadores que queiram contribuir financeiramente com suas iniciativas. O IGN faz parte de um grupo de 15 ONGs que integram a plataforma (www.cidadedobem.com/campanha/institutogilnogueira).

Trata-se de uma plataforma online para captação de recursos com sistema de pagamento integrado, exclusiva para instituições sociais. “Um dos objetivos é incentivar a cultura de doação e ajudar as iniciativas sociais da nossa cidade na sua sustentabilidade financeira”, comenta Felipe Maciel, gestor do projeto Cidade do Bem. No site, os doadores escolhem as iniciativas nas quais querem investir. Os valores variam a partir de R$ 10 mensais e o pagamento pode ser realizado por meio do cartão de crédito ou boleto bancário. “Nossa missão é transformar Belo Horizonte na capital mais solidária do país, e o Instituto Gil Nogueira integra essa cultura de solidariedade ao aproximar as crianças dos livros”, declara Felipe.

O IGN atua há 13 anos desenvolvendo ações junto à sociedade com o objetivo de reduzir o analfabetismo funcional por meio da leitura através do projeto “Ler é Viver”, que difunde a literatura entre alunos da rede pública de Belo Horizonte e algumas cidades do interior mineiro. “Esse é um passo muito importante para nós, estamos muito felizes em fazer parte desse projeto”, declara a gerente geral do IGN, Carmen Lima.

O objetivo do projeto do IGN é tornar a cultura mais acessível e aproximar os livros das crianças, proporcionando mais conhecimento, cultura e informação, além do despertar da curiosidade. No início de cada semestre letivo, cada sala de aula das escolas participantes recebe uma caixa contendo diversos livros de literatura infantil, as crianças são estimuladas a ler e a interpretar os livros, através de incentivos como as oficinas de contação de histórias e a premiação semestral, que contempla alunos com melhor desempenho na interpretação dos livros lidos, mensurado através de uma avaliação pedagógica.

Sobre o Instituto Gil Nogueira

O Instituto Gil Nogueira é uma ONG qualificada pelo Ministério da Justiça como Oscip (Organização da Sociedade Civil de Interesse Público). Foi constituída, em 2006, com o objetivo de reduzir o analfabetismo funcional por meio da leitura, desenvolvendo ações junto à sociedade, como o projeto “Ler é Viver”, que já beneficiou mais de 60 mil crianças do ensino fundamental da rede pública de ensino do Estado de Minas Gerais. Ao longo dos seus 13 anos, mais de 1 milhão de livros foram lidos e interpretados em 57 escolas.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here