Festival Fartura LISBOA será dias 16 e 17 de novembro, no Time Out Market

0
101

Após percorrer mais de 70 mil km, em todos os estados brasileiros, mapeando a gastronomia – ingredientes, receitas e personagens – e levando festivais para todas as regiões do país, a Plataforma Fartura desembarca pela segunda vez em Portugal para celebrar a conexão entre as duas culturas gastronômicas, com o Festival Fartura – Comidas do Brasil e Portugal. O evento será nos dias 16 e 17 de novembro, no Time Out Market em Lisboa.

A base da curadoria dos Festivais vem da Expedição Fartura, que são viagens de pesquisa gastronômica. Em maio, a Plataforma realizou a primeira Expedição internacional, percorrendo uma parte do território português, fato inédito no país. “Foi muito gratificante mostrar nosso país em sua essência. Vivemos um momento de valorizar a interação entre produtores, chefs e cozinheiros, embora seja algo ainda pouco comum por aqui, neste formato. Portanto, este tipo de trabalho é muito importante, podendo estabelecer relações fortes e duradouras”, explica Teresa Vivas, curadora gastronômica em Portugal.

“Em 2017, a Plataforma expandiu suas fronteiras e buscou em Portugal as influências na gastronomia brasileira, tornando o país o primeiro destino do projeto fora do Brasil. Para 2018, Lisboa entra no calendário fixo dos festivais, com uma versão maior, com dois espaços em um centro de renome, como o Time Out Market. Nosso foco é mostrar, de forma interativa, nossa diversidade cultural e gastronômica e seus pontos de conexão. Valorizar nossos chefes e produtos, estabelecer uma plataforma de negócios internacionais, visando também o network”, explica Patrícia Tavares, Diretora de Relações Internacionais da Plataforma Fartura.

Com curadoria gastronômica brasileira de Luiza Fecarotta, foram convidados chefs de todas as regiões do Brasil, referências em suas cozinhas: Bel Coelho (SP – Sudeste), pesquisadora que já passou por renomados restaurantes no mundo, como o três estrelas Michelin “El Celler de Can Roca”; Carlos Kristensen (RS – Sul), seis vezes premiado na capital gaúcha; Ariani Malouf (MT – Centro-Oeste), considerada a melhor chef de Cuiabá (Veja 2018); Ivan Prado (CE – Nordeste) autor do projeto Saberes e Sabores do Ceará; e o pesquisador da gastronomia paraense Felipe Gemaque (PA – Norte). Acompanham a comitiva, produtores e ingredientes de todo o país. Chefs e produtores portugueses de renome também participam, em um intercâmbio de conhecimentos e sabores.

Com o tema que norteia o projeto – da origem ao prato – o Festival Fartura Lisboa terá a seguinte programação: um almoço de lançamento; um espaço de produtos e produtores de ambos os países;mesas de negócios para trocas de experiências entre chefs e produtores brasileiros e portugueses; umcoquetel para networkingexibição de filmes sobre a Expedição Fartura; e cozinhas ao vivo, com chefs brasileiros e portugueses preparando almoços e jantares para o público.

“A ideia central de ir pra Portugal é estreitar os laços com nossas origens. Descobrir em quais elementos o Brasil se apropriou da culinária portuguesa e incorporou na nossa cozinha – e vice versa. Queremos gerar trocas entre os dois países. Vamos mostrar ao público a gastronomia das cinco regiões do Brasil. E queremos promover discussões para provocar iniciativas de trânsito de ingredientes, trocas de experiências, culturas e negócios”, explica o Diretor Geral da Plataforma Fartura, Rodrigo Ferraz.

O Festival Fartura – Comidas do Brasil e Portugal tem patrocínio da APEX, copatrocínio dos governos de Minas gerais, Pará e Ceará, apoio da Invest Lisboa, da Câmara de Comércio e Indústria Portuguesa, Tap Portugal e Savvy Gin. Apoio local: Time Out Market.

PROGRAMAÇÃO

Festival Fartura – Comidas do Brasil e Portugal

14/11 – Almoço especial para convidados com o chef Ivan Prado, do Ceará.

Horário e local: a confirmar.

16/11

Time Out Market – Studio

14h às 22h

Exibição de filmes sobre a Expedição Fartura

Exposição e degustação de produtos brasileiros e portugueses

Mesas para intercâmbio de conhecimento com chefs e produtores brasileiros e portugueses.

18h – Coquetel de networking para convidados, com foco em geração de negócios.

Time Out Market – Academia

Cozinhas ao vivo – dois almoços e dois jantares com chefs brasileiros e portugueses.

 

17/11

Time Out Market – Studio – 10h às 22h

Exibição de filmes sobre a Expedição Fartura

Exposição e degustação de produtos brasileiros e portugueses

Mesas para intercâmbio de conhecimento com chefs e produtores brasileiros e portugueses.

Time Out Market – Academia

Cozinhas ao vivo – dois almoços e dois jantares com chefs brasileiros e portugueses.

Informações: farturabrasil.com.br

 

SOBRE OS CHEFS

Bel Coelho (SP): premiada chef do Clandestino, formou-se pelo Culinary Institute of America (CIA), trabalhou em alguns dos restaurantes mais importantes do mundo, como o El Celler de Can Roca. Viaja o país pesquisando a cozinha brasileira em diversos projetos. Apresentou o Receita de Viagem (TLC), em que percorreu mais de 35 cidades do país, aprofundando sua pesquisa.

Ivan Prado (CE): formado em Gastronomia pelo Centro Universitário SENAC São Paulo (2009); ProChef pelo The Culinary Institute of America (2013). Desde 2011 é Chef e Consultor Gastronômico do SENAC\CE, desenvolve ações de qualificação nos segmentos de Gastronomia e Hotelaria. Pesquisador da gastronomia cearense é autor do “Projeto Saberes e Sabores do Ceará”, que consiste na pesquisa e catalogação de ingredientes e técnicas culinárias que estão apenas na compreensão popular ou perdida pelo tempo.

Ariani Malouf (MT): formada pela escola francesa Le Cordon Bleu, está à frente do restaurante Mahalo, em Cuiabá, no Mato Grosso, onde dedica-se à pesquisa de ingredientes e preparos da região. Também é a responsável pelo cardápio do bufê Leila Malouf, criado por sua mãe.

Carlos Kristensen (RS): chef do restaurante Hashi e Um Bar e Cozinha, destaca-se pela pesquisa de ingredientes gaúchos no Brasil. Em 2016, lançou uma coleção de produtos artesanais produzido por famílias da região do Rio Grande do Sul

Felipe Gemaque (PA): bacharel em gastronomia e cozinha internacional. Começou estagiando aos 15 anos no restaurante Família Sicília. Trabalhou em diversos restaurantes, entre eles o “Lá em Casa”, um dos mais tradicionais da capital paraense, além de atuar com o chef Ofir Oliveira, conhecido por valorizar a culinária local. Atualmente, gerencia a 2+1 Produções Gastronômicas, em Belém, onde desenvolve trabalhos como personal chef.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here